Membros

A Lei do Amor


Certo homem ganhou um lindo cão de raça. A cada dia ele observava a felicidade do animal, retribuindo assim os seus cuidados diários.


Todos os dias saía com o seu cão para dar um passeio, preso a uma corrente.

Repetindo-se por muitos e muitos dias. E o cão estava sempre ali, andando ao lado do seu dono, segurado firmemente pela corrente.


Certo dia o homem, em um dos passeios diários com o seu cão, resolveu tirar-lhe a corrente. Assim o fez.

Com o coração apertado observou que o cachorro correu em disparada, afastando-se para bem longe... E ele pensou: "Perdi o meu amígo para sempre"...


O Cão correu, correu, a perder-se de vista...


De repente eis que surge feliz e saltitante, deitando-se então aos pés do seu dono.


Agora não precisava mais de uma corrente para mantê-lo perto dele.

Ele amava o seu dono e isto bastava. O amor substituiu a corrente.


(Domínio Público. Reescrito -Extraído do livro "Removendo a Pedra do Caminho" - Soneide - 2004)


E Voce, o que lhe prende ao seu Senhor??


A CORRENTE DOS INTERESSES PRÓPRIOS?


Alguns seguem a Jesus pelo que pode receber dele.Observamos na trajetória de Jesus aqui na terra, como Ele vivia rodeado de pessoas. Ele era amoroso e compassivo, curava, confortava, alimentava.


" Naqueles dias, havendo mui grande multidão e não tendo o que comer, Jesus chamou a si os seus dispulos e disse-lhes: Tenho compaixão da multidão, há já tres dias que estão comígo e não têm o que comer. E se os deixar ir em jejum para casa, desfalecerão no caminho, porque alguns deles vieram de longe." (Mc 8 1,2)


Esse texto mostra a compaixão de Jesus para com aquele povo, em surprir-lhes as suas necessidades o que não é diferente hoje, Ele preocupa-se com o ser humano de igual forma.

O perígo é seguí-lo apenas por interesses materiais.


A palavra de Deus diz no livro de João 4 e 24:"Deus é Espírito e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade."

Adore ao Senhor e esteja a seu lado com um coração sincero e não apenas, pelo que Ele pode lhe proporcionar.


(continua)