Membros

Cheirinho de Chuva


"Darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas, para que recolhais o vosso cereal, e o vosso vinho, e o vosso azeite". (Deut 11.14)


Nada mais gostoso do que cheirinho de chuva num final de tarde de verão.

O vento sopra refrescante e agradavelmente perfumado, renovando o ar. A chuva refresca, molha a terra, fazendo o verde brotar. As plantas agradecem embaladas pelo vento.

Chuva na medida certa e a seu tempo, é benção, traz abundância, dando fruto ao que semeia.

A chuva é benção de Deus. Nossa vida precisa de "chuva" para renovar-se, florescer. Nossa terra precisa de chuva. Temos a promessa de Deus de sermos abençoados com a chuva: "O SENHOR te abrirá o seu bom tesouro, o céu, para dar chuva à tua terra no seu tempo e para abençoar toda obra das tuas mãos; emprestarás a muitas gentes, porém tu não tomarás emprestado".


Benção de abundância proveniente da chuva a seu tempo. Trazendo águas que nos purificam, vivificam e renovam.

Deus deseja a nossa felicidade a nossa alegria. Ele quer que sejamos bem aventurados no nosso viver. Que achuva caia em nossa vida de forma equilibrada e ao seu tempo. Que goteje formando mananciais para tempos de sol causticante onde estaremos plantados sempre verdes, saudáveis e viçosos.


Confiemos no Senhor, sejamos obedientes e tementes a Ele, reconhecendo o nosso Deus como Senhor absoluto.


No Salmo 1, vemos a descrição de um quadro belo, tendo um contraste de dois tipos de pessoas, o justo é caracterizado pelo amor tendo a retidão como princípio de vida.


1
¶ Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
2
Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.
3
Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido.
4
¶ Os ímpios não são assim; são, porém, como a palha que o vento dispersa.
5
Por isso, os perversos não prevalecerão no juízo, nem os pecadores, na congregação dos justos.
6
Pois o SENHOR conhece o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios perecerá. (Sal 1)


Deus reconhece e abençoa aquele que vive de forma justa. Observe o versículo 3.

Ele será como a "arvore plantada junto a ribeiros de águas". Aqui fala do lugar onde "estamos plantados", lugar onde vivemos, onde estamos. A árvore plantada junto a ribeiros de águas, é uma arvore verde, bela, viçosa. Assim é o justo no lugar onde vive. Ele é uma pessoa bela por viver em um lugar agradável. Conheço um pensamento que diz: "Floresça onde foi plantado". Dê frutos, embeleze, torne mais alegre o lugar onde vive. Não importa onde viva, a beleza que emana de uma pessoa bela, torna o ambiente da mesma forma.

"Dá o seu fruto na estação própria" nada mais gostoso do que comer uma fruta da estação. São frutas belas, suculentas, gostosas! Na vida do justo há o cuidado de Deus, aliado ao equilibrio de vida, dando os frutos do espírito que o faz viver cada época da vida no tempo certo.

"Tua esposa, no interior de tua casa, será como a videira frutífera; teus filhos, como rebentos da oliveira, à roda da tua mesa". (sal128.3)

Eis aqui o cenário de uma família feliz, e as palavras que antecedem essa passagem é: "Bem Aveturado o homem que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos... Interessante! Muito interessante! Temer ao Senhor e andar nos seus caminhos é essencial para uma vida "Verdadeiramente" feliz.


Ainda no versículo 3 de Salmos, uma parte que me chama atenção é quando o salmista fala ainda comparando o justo a uma arvore plantada junto às águas:"Cujas folhas não caem". Essa parte fala da saúde física e emocional.

" E tudo quanto fizer prosperará". Um belo desfecho para a vida de quem é fiel ao Senhor. Todos desejam a prosperidade. Todos desejam o sucesso. E o sucesso será bem maior, se tiver a benção de Deus.

Deus deseja dar água ao sedento, chuva à terra seca, fontes de águas no deserto. O caminhar será bem mais suave e agradável se tivermos água para beber e sombra para nos abrigar do sol. Brisa para nos refrescar...

Há um rumor de águas, há um cheirinho de chuva no ar.

Sinta esse cheirinho gostoso. E quando a chuva cair, tome banho de chuva, deixe ser lavado por ela. Permita que Deus passe pela sua vida transformando-a, limpando-a. "O qual, passando pelo vale árido, faz dele um manancial; de bênçãos o cobre a primeira chuva. (sal 84.6)

Absorva a chuva." Porque a terra que absorve a chuva que freqüentemente cai sobre ela e produz erva útil para aqueles por quem é também cultivada recebe bênção da parte de Deus".
(Hb 6.7)
Sinta o cheiro de Chuva! Absorva a água de chuva! Lave-se! Revifique-se! Seja feliz!!!!!
(Todos os direitos reservados a Soneide Cardoso de S. Luz)