Membros

SEPULTAMENTO DE MICHAEL JACKSON



Michael Joseph Jackson (Nasceu em Gary, 29 de agosto de 1958 — Morreu em Los Angeles, 25 de junho de 2009) foi um cantor, compositor, ator, dançarino, publicitário, escritor, produtor, poeta, instrumentista, estilista e empresário dos Estados Unidos.
Começou a cantar e a dançar aos cinco anos de idade, iniciando-se na carreira profissional aos onze anos como vocalista dos Jackson 5; começou logo depois uma carreira solo em 1971, permanecendo como membro do grupo. Apelidado nos anos seguintes de King of Pop ("rei do pop")
Michael era o sétimo de nove filhos de Joseph e Katherine Jackson. A família inteira – incluindo os irmãos mais velhos, Rebbie, Jackie, Tito, Jermaine, LaToya e Marlon, e os mais novos, Randy e Janet – viveram juntos em uma pequena casa de dois quartos, e o pai sustentava a casa a duras penas trabalhando em uma usina siderúrgica. Por vontade da mãe, mas contra o desejo do pai, as crianças tornaram-se Testemunhas de Jeová e passaram a praticar a evangelização de porta em porta.
De acordo com as regras rígidas do pai, as crianças eram mantidas trancadas em casa enquanto ele trabalhava até tarde da noite. Entretanto, as crianças escapavam freqüentemente para as casas dos vizinhos, onde cantavam e faziam música. Os irmãos mais velhos mexiam na guitarra do pai Joseph sem sua permissão enquanto ele estava no trabalho. Até que um dia Joseph tomou consciência do talento de seus filhos e resolveu ganhar dinheiro com isso, e assim sair de Gary e ir para a Califórnia, para mais tarde serem contratados pela Motown.

Michael Jackson um nome muito falado e lembrado nesses últimos dias, após a sua repentina morte. Uma pessa brilhante, um ser humano único. Nasceu pobre, foi literalmente obrigado a passar longas horas ensaiando junto com seus irmãos vindo a formar os Jackson's Five.Passou pela vida em uma luta constante a fim de atingir a imágem física ideal. Seja por não aceitação da imágem, seja pelo desejo de mudar. Não sei.Só sei que a luta por esta imagem, a fortuna acumulada não trouxe para ele a felicidade.Segundo a mídia nacional e Internacional,Grace Rwaramba, que trabalhou para o cantor durante mais de uma década, Confessou ao 'Sunday Times' que o cantor se alimentava mal, consumia muitos medicamentos e não tinha noção do valor do dinheiro.
"Michael comia pouco e fazia muitas misturas." Quem o diz é Grace Rwaramba, ama de Prince Michael, Paris Katherine e Prince Michael II, os filhos do rei do pop. Numa entrevista publicada ontem pelo jornal britânico Sunday Times, Rwaramba, que acompanhou o cantor durante os últimos anos, confirmou os relatos que têm vindo a aparecer na Internet, segundo os quais o astro pop seria viciado em vários medicamentos, incluindo antidepressivos e analgésicos.Sobre a autópsia, segundo o tablóide britânico The Sun, no estômago do cantor teriam sido encontrados apenas medicamentos. Nas coxas e ombros seriam visíveis picadas, resultado provável de injecções de analgésicos que Jackson tomaria diariamente. Teriam sido encontradas também dezenas de cicatrizes, resultantes de pelo menos 13 cirurgias plásticas.
De que adianta a conquista da fama? dinheiro? bens? Se a vida torna-se triste, sofrida, dolorosa? De que adianta? E os filhos? A ausência de mãe e pai?
Na vida do Michael Jackson se cumpria o que está escrito:(Eclesiastes 2:17)"Por isso odiei esta vida, porque a obra que se faz debaixo do sol me era penosa; sim, tudo é vaidade e aflição de espírito". Faltou-lhe amígos, faltou-lhe ajuda. Michael tornou-se uma flor cativa. Lembro-me de uma foto em que ele sai a passear com os filhos com o rosto coberto com véu. O que passaria no pensamento daquelas crianças? Se ele tivesse optado por uma vida com Cristo, tudo seria bem diferente.
Emfim,tenho pensado muito a respeito. E se pudesse, com certeza mudaria essa historia e daria um final feliz. Michael Jackson morreu aos 50 anos,de parada cardíaca em Los Angeles. Dono de um estilo inconfundível, hipnotizou fãs de todo o mundo, com uma série de discos de sucesso e criando moda e looks que seriam seguidas por milhares de admiradores.Em 25 de junho de 2009, foi noticiado que Michael Jackson sofreu uma parada cardíaca em sua casa, na vizinhança de Holmby Hills, Los Angeles, CA, Estados Unidos. Os serviços de emergência médica socorreram o cantor em sua casa, na tentativa de reanimá-lo. Porém, como Jackson se encontrava em estado de coma profundo, ele foi levado às pressas para o Ronald Reagan UCLA Medical Center, o hospital universitário da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA). Desde sua internação, rumores haviam se espalhado pela imprensa confirmando seu falecimento. Às 14h06min (horário local) de 25 de junho de 2009, o site Los Angeles Times tornou-se um dos primeiros a divulgar a morte do astro.Sua morte teve uma repercussão internacional instantânea, sendo motivo de preocupação por parte dos fãs em muitas partes do mundo. Será enterrado ainda não se sabe onde e será esquecido da mídia.Que Deus tenha misericórdia das três vidas das quais ele era responsável.Desejo mil felicidades e um caminho com novas perpectivas ao filhos do Rei do Pop. Emfim... Ufa! Quero pôr um ponto final nisso...
Termino esse meu humilde post, de certa forma uma homenagem ao Michael Jackson, com as palavras do pregador. São palavras pesimistas, mas não poderia terminar de outra forma.(Eclesiastes 3:19) Porque o que sucede aos filhos dos homens, isso mesmo também sucede aos animais, e lhes sucede a mesma coisa; como morre um, assim morre o outro; e todos têm o mesmo fôlego, e a vantagem dos homens sobre os animais não é nenhuma, porque todos são vaidade.
Agradeço: (Wikipédia, Bíblia on Line)