Membros

Ha esperança?

 
Quando tudo parece perdido e quando não existe nenhuma esperança, pelo menos aos nossos olhos, Deus chega e muda o quadro. 
Foi assim com a Viúva de Naim. A Bíblia a denomina como:"Viúva de Naim". O bem maior que ela tinha, o seu filho único, morreu. Sem esperança e sentindo uma tremenda solidão e tristeza, ela caminha para a sepultura. Agora não tinha mais jeito. Ele estava morto. E como diz um ditado: "Só não tem jeito para a morte", aquela mulher pensava que a sua vida seria triste e só dali para a frente.
Foi quando Jesus chegou e devolveu o que a fez feliz novamente.  O seu filho. Um divisor de águas na vida dela, com certeza.
"Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá;(João 11:25)
Houve um momento em minha vida que esgotadas as minhas forças, confesso, só pude crer. Digo esgotadas as minhas forças, porque se pudesse, teria feito algo.
Quando as possibilidades todas escotaram-se, eu agarrei-me a fé. Cria ou morria! 
Estava cortada, enterrada, seca e pensava que não havia mais esperança para mim. Mas, em meio a essa dor, resolvi CRER. Estava no "fundo do poço" literalmente. Um dia o Senhor me falou através da sua palavra em Jó 14 e 7:
"Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos". 
Ele falou comígo através de um episódio símples que descrevo neste post aqui. Naquele momento renovou-se em meu coração a certeza de que eu viveria em paz novamente.
Fui fazendo a minha parte e permitindo o milagre do Senhor em minha vida. Devagar, doloroso e bem marcante.
Ia descobrindo que por vezes, tinha que descer do salto,  abrir mão de algo, para não continuar cometendo os mesmos erros que me arrastariam para o fundo do poço novamente.
Fazendo a minha parte e o Senhor fazendo a dele. Como um bom jardineiro regando a cada dia a vida que começara a romper a terra seca das dificuldades a despeito de um sol causticante. Sabendo disso, não esquecia de ficar perto dEle pedindo que me refrescasse com a sua chuva e mandasse sempre uma núvem para abrandar o sol. Diariamente, continuamente...Estou viva e isso é um milagre!  A vida é um milagre!
Cristo vai devolver a você a tranquilidade e a  felicidade. Você está se perguntando: como? Não podemos ver nem explicar a fé, só vivê-la. "A fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que não se vêem". Quer ver? Enxergue através da fé. O que você pode perceber através dos seus sentidos, existe. Para percebê-los não precisa da fé. 
O que você tanto deseja e que não existe no mundo material, você pode ver através da fé. É meio estranho porque para ver é preciso crer. E isso é difícil porque somos tendentes a acreditar apenas no que podemos perceber com nossos sentidos. 
Em um post futuro falarei desse incrível mundo da fé e como isso tem sido marcante em minha vida. Hoje portanto, termino este post (tenho que arrumar uma comidinha alí. I,m hungry!) Dizendo a vocês que sobre "os momentos" dos quais falei no início do post, aqueles em que eu não via saída, após ter minhas forças esgotadas? Pois bem, exerci a fé e em menos de seis meses, estava  tudo resolvido e na mais perfeita paz.
Um abraço e até mais.